Clientes Sekron
  Esqueci a Senha
Conheça nosso site Institucional ›

Archive for the ‘ Mensagens ’ Category

Cidades digitais

Gestão pública Moderna e Serviços para a População

As cidades modernas estão despertando para a tecnologia da informação e comunicação para viabilizar o desenvolvimento sustentável.

O uso da Internet vem ajudando pequenos e grandes municípios a gerar polos de negócios levando em consideração as características regionais.  Surge, então, um novo conceito de cidade, aquelas que estão sendo classificadas em cidades digitais.

O conceito é bastante amplo, pois ser uma cidade digital significa modernizar a gestão pública e oferecer novos serviços e facilidades para as pessoas; significa principalmente levar aos seus habitantes uma nova perspectiva de cidadania pois o cidadão é o maior beneficiado com a melhoria dos Serviços Públicos.

Os benefícios abrangem todas as áreas, da administração pública à educação, passando pela saúde e segurança, e estendendo-se à economia do município. Alguns exemplos:

Governo

Modernização da administração pública, com a integração, via computador, de todas as entidades diretas e indiretas; integração das estruturas tributária, financeira e administrativa; aumento da arrecadação tributária; melhoria da fiscalização; acesso mais imediato às informações e serviços; comunicação via VoIP (voz sobre o protocolo de Internet).

Cidadania

Instalação de telecentros a custos reduzidos; disseminação de terminais para consultas e reclamações por parte dos cidadãos; acesso à Internet para os cidadãos, produção de conhecimento, formação profissional para população por um custo acessível.

Educação

Integração das escolas a outras instituições de pesquisa e ensino; laboratórios de informática; acesso a acervos de livros e documentos históricos; capacitação dos professores.

Saúde

Gestão integrada dos centros de assistência à saúde; interligação com serviços de emergência como o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil; uso de novas tecnologias, tais como videoconferência e telemedicina.

Segurança

Interligação via computadores de órgãos como as polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros; instalação de câmeras de vigilância via Internet em pontos mais vulneráveis da cidade. Vídeomonitoramento urbano.

Economia

Acesso à Internet sem fio para pequenos empresários; comunicação mais barata com entidades de classe ou empresários de outra cidade/região através da Internet ou da telefonia VoIP; incentivo ao turismo tradicional e ao TURISMO DE NEGÓCIOS.

 Um projeto de Cidade Digital é acessível a qualquer município. As oportunidades estão disponíveis e podem ser adaptadas para a realidade econômica e tecnológica de cada um. Para implementar bastam vontade política e uma gestão atenta às ações de inclusão social e digital.

Para maiores informações acesse:

www.sitecidadao.com.br

Por  Umberto Nanini

Childhood pela proteção da infância

A Sekron Alarmes apóia a divulgação de projetos e instituições que colaboram com a Paz Mundial e indica o site da organização Childhood Brasil.
A Childhood Brasil é um braço da World Childhood Foundation (Childhood), organização criada em 1999, por S. M. Rainha Silvia da Suécia, para defender os direitos da infância e promover melhores condições de vida para crianças em situação de vulnerabilidade em todo o mundo.
Além do Brasil, a Childhood também possui escritórios na Suécia, Estados Unidos e Alemanha, tendo apoiado mais de 500 projetos em 16 países.
A Childhood Brasil trabalha pela proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual. Com esse foco, a organização desenvolve programas próprios de abrangência regional ou nacional e apóia projetos em diferentes localidades.

Saiba mais sobre a Childhood Brasil: http://www.childhood.org.br

Vídeo: Segurança e monitoramento de grandes áreas.

Novas tecnologias

A mesma modernidade que alterou as relações sociais entre as pessoas e destas com o espaço urbano, também proporcionou o surgimento de novas tecnologias de comunicação e informação, as quais voltam-se para o controle social. O surgimento e a popularização dos sistemas de vídeomonitoramento é talvez o expoente desse novo conceito de uso da tecnologia na segurança. A captura de imagens e a vigilância constante de áreas de grande concentração humana demonstram que é possível a utilização desse meio auxiliar no apoio ao combate ao crime, e atua inclusive como medida de prevenção, já que sua divulgação afasta e inibe a prática de crimes nos locais monitorados.
Ético e legal, utilizado, por exemplo, na capital paulista pela Guarda Civil Metropolitana e pela Polícia Militar, bem como em um número crescente de cidades, tem demonstrado eficiência e aceitação por parte da sociedade. É uma forma legal de ampliação inteligente, desenvolvendo um trabalho preventivo, integrado não só com as Polícias estaduais, mas com os demais órgãos públicos.

Confira como funciona o vídeomonitoramento.
Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC), em Sorocaba.

Entre em contato agora mesmo e saiba como contratar a Sekron Alarmes.

Dicas de segurança nas estradas

 

FREADAS

Nunca freie sobre poças d’água. Se isso for inevitável, alivie o pedal rapidamente para que as rodas não travem.

Muito cuidado ao frear tendo caminhões na sua traseira. Pesados, eles percorrem uma área muito maior que um veículo comum até parar completamente.

VIAGENS LONGAS

Descanse bastante antes de iniciar sua viagem.

Se possível, viaje acompanhado por alguém que também possa revezar com você a direção.

Não beba nem tome qualquer medicação que possa interferir nos seus sentidos.

Não dirija por muitas horas. Faça paradas regulares, mesmo que não esteja cansado.

Faça uma revisão cuidadosa nos principais itens de segurança do veículo como freios, pneus, parte elétrica e direção.

ACIDENTES

Deparando-se com um acidente, antes de tentar prestar qualquer socorro, respeite a sua própria segurança. Evite ser, também, mais uma vítima.

Se já houver outras pessoas prestando socorro no local, siga adiante e tente avisar a autoridade mais próxima (Polícia Rodoviária, Concessionário da rodovia etc.)

Se você não é médico ou paramédico, evite mexer nas vítimas e nem permita que leigos removam as pessoas acidentadas. Aguarde o socorro apropriado e evite o agravamento das lesões por manipulação inadequada.

Sua principal função será evitar o pânico, confortar os feridos, pedir o socorro e sinalizar o local com triângulo, galhos ou lanternas.

ULTRAPASSAGENS

Nunca ultrapasse pela pista da direita.

Antes da ultrapassagem, certifique-se de que você tem uma visão total da estrada, olhando também os retrovisores.

Anuncie por meio dos sinais convencionais (luzes e setas) sua intenção de fazer a ultrapassagem.

Nunca ultrapasse em trevos, lombadas, curvas e passagens de nível ou onde a faixa que divide as pistas seja contínua.

DIRIGINDO NA CHUVA 

Redobre a atenção para as condições da estrada nessas ocasiões, é possível a ocorrência de deslizamentos e quedas de barreiras.

Reduza a velocidade a um limite seguro.

Mantenha ligado os limpadores de pára-brisa.

Não fume para evitar o embaçamento do vidro.

Evite freadas fortes.

Se o carro aquaplanar (deslizar sobre uma lâmina de água) não freie nem pise na embreagem. Solte o acelerador e deixe o atrito com água reduzir a velocidade até você sentir as rodas adquiriram contato com o piso.

ANIMAIS NA PISTA 

Ao se deparar com animais de grande porte nas pistas (cavalos, bois etc) não buzine nem sinalize com os faróis. Isto assusta o animal que pode ter reações inesperadas.

Feche os vidros, passe lentamente em marcha reduzida e avise o posto policial mais próximo.

VIAJANDO COM CRIANÇAS 

Crianças com menos de 10 anos de idade devem sempre ser transportadas no banco de trás, atadas aos cintos de segurança ou acomodadas nas cadeirinhas apropriadas.

Bebês, mesmo os recém-nascidos, não devem viajar no colo de suas mães. Em caso de colisão, o risco da criança servir como amortecedor no impacto com o painel ou o banco da frente é muito grande.

As crianças de colo até um ano de idade, devem ficar nas cadeirinhas fixadas de costas para o sentido do carro. Depois dessa idade, a cadeirinha pode ficar na posição normal.

Quando a cadeirinha não mais oferecer proteção à nuca da criança, em função de seu crescimento, é o momento de colocá-lo diretamente no próprio banco do veículo, presa pelo cinto de segurança.

Caso a posição do cinto possa causar enforcamento em criança, acomode-a em cima de uma almofada.

CINTO DE SEGURANÇA 

A obrigatoriedade do uso do cinto de segurança é para todos os ocupantes dos veículos, independente da via que esteja sendo utilizada.

Mantenha os cintos sempre em bom estado e nunca prenda-os enrolado ou dobrado, para não reduzir sua eficiência.

Uso de cinto de segurança no banco de trás também é obrigatório.

Fonte: Programa PARE

A luta contra a violência

 

A Sekron Alarmes vai divulgar  neste blog, projetos e propostas de ações contra a violência.  Nossa idéia é divulgar e ampliar a cultura da paz.

Da mesma forma que o problema do aquecimento global, do lixo, da escassez de recursos naturais, o tema da violência é comentado no mundo todo. Todos os tipos de violência tem se exacerbado nas últimas décadas, desde guerras regionais, terrorismo, narcotráfico, abuso de mulheres e crianças.   

Entendemos que todo o ato violento, não é apenas fruto de um problema econômico e social, mas está também relacionado com a nossa cultura, com a  maneira que vivemos.

Como agimos no nosso dia a dia, como educamos nossos  filhos, como nos relacionamos com nossos companheiros e colegas de trabalho, como nos divertimos, como amamos e rezamos. Também faz parte do nosso modo de vida, a forma que adoecemos, morremos e cultuamos nossos  parentes que já se foram.

Podemos viver e fazer todo nosso dia a dia de um jeito violento, com raiva, medo, agressividade, competição. Porém podemos fazer de outra maneira, dando preferência a atitudes de colaboração, cordialidade e imparcialidade.

É uma opção nossa participar de uma “rinha de galo” ou ir à praia. Comprar um game de guerra para o nosso filho ou levá-lo a um show de música. Discutir com a vizinha por causa do lixo na calçada ou simplesmente colocar nosso ponto de vista de uma maneira pacífica e não emocional.

Talvez, não seja fácil em algumas ocasiões, mas é uma opção de cada um contribuir com a sua parte para a cultura da não violência.

Há 24 anos trabalhamos na prevenção de certos tipos de atos criminosos e percebemos no nosso cotidiano as conseqüências que estes atos representam para a vítima. Com base na experiência que adquirimos nesses anos de trabalho, percebemos que por mais difícil que seja, a melhor opção ainda é a Paz.

Semana do Desarmamento Infantil

 

O Plano é um projeto do Instituto Sou da Paz que visa prevenir homicídios na cidade de São Paulo, entre outras maneiras, por meio do estímulo à retirada de armas de circulação. O motivo para o foco nesse tipo de ação é bem simples: o desarmamento salva vidas. O Estado de São Paulo é um exemplo disso: entre 1999 e 2010, a taxa de homicídios caiu nada menos que 80%. Só entre 2002 e 2009 foram retiradas de circulação 75.077 armas de fogo na Capital. Depois de anos entre as mais violentas do mundo, São Paulo conseguiu alcançar uma média de homicídios de 10.6 por 100.000 habitantes –  próxima ao nível considerado “não-epidêmico” pela Organização Mundial da Saúde (abaixo de 10 por 100.000 habitantes).

Entretanto, apesar das melhorias alcançadas nas taxas de homicídios, milhões de pessoas ainda vivem em regiões com índices inaceitáveis de violência. Para buscar reverter esse quadro, é preciso sensibilizar os mais diferentes públicos – como crianças, adolescentes, jovens, mulheres – para os perigos das armas de fogo e a existência da campanha permanente de entrega voluntária de armas. É por isso que, entre 11 e 15 de abril, o Sou da Paz, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, a Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Militar, vai promover a Semana do Desarmamento Infantil. A idéia é promover a desvalorização da arma de fogo por meio da troca de armas de brinquedo por brindes como gibis, ursos de pelúcia, quebra-cabeça e outros presentes – além de disseminar informações sobre a entrega de armas de fogo para os adultos.

Infelizmente, as armas continuam tirando muitas vidas, e os motivos dos crimes são banais: mais de 65% dos assassinatos são provocados com uma arma de fogo e apenas 2 em cada 10 homicídios são motivados por drogas, dívidas ou assaltos. A grande maioria das mortes é resultado de brigas bobas que nunca teriam esse desfecho caso a arma de fogo não estivesse presente.

Desarmando crianças e adultos

A campanha vai acontecer na região do M’Boi Mirim, onde ficam os bairros Jardim São Luis e Jardim Ângela – bairro que um dia foi considerado o mais violento do mundo. Cinco bases da PM e da Guarda Civil Metropolitana funcionarão como postos de troca, além de algumas escolas da rede pública. A semana será encerrada com um grande evento para as crianças da região e quem mais quiser participar.

Além do ato simbólico de desarmamento infantil, a campanha pretende que as crianças sirvam de exemplo para os adultos que mantêm uma arma de fogo em casa, incentivando-os também a entregarem-nas. Nas ações que permeiam a Semana do Desarmamento Infantil serão disseminadas informações relevantes sobre a campanha permanente de entrega voluntária de armas, tais como as de que ela é totalmente anônima, rápida e segura, e que há uma indenização de R$ 100 a R$ 300, dependendo do tipo de arma entregue.

O Sou da Paz convida você, a parar um minuto e pensar na relação que sua família tem com as armas de brinquedo e sua extensão real, a arma de fogo. Além disso, gostaríamos de contar com seu apoio para disseminar as informações sobre a entrega voluntária de armas. Se os números acima não te convenceram, aqui vai mais um: segundo um estudo feito pelo pesquisador Daniel Cerqueira, do Ipea, na cidade de São Paulo, a cada 18 armas de fogo retiradas de circulação, uma vida é poupada. Viu só como é importante retirar armas de circulação?

Boas Festas!!!