Clientes Sekron
  Esqueci a Senha
Conheça nosso site Institucional ›

Alarme Monitorado – Dicas ao consumidor

Com o constante aumento da violência urbana, cada vez mais os cidadãos se preocupam em proteger seus imóveis, sejam residenciais ou comerciais. Uma das alternativas mais procuradas é a instalação de sistemas de segurança eletrônica.

Segundo dados do setor, a cada 100 tentativas de furtos em imóveis com alarmes, 94% fracassam. Porém, a contratação de prestadores de serviços nesse segmento requer cautela por parte do consumidor.

É fundamental levar em conta critérios como solidez financeira e idoneidade da empresa, procedência dos equipamentos, capacitação dos profissionais e relação custo-benefício. Outro ponto importante é saber se a empresa possui um serviço de pós-venda estruturado, o que engloba o monitoramento do imóvel e a manutenção dos equipamentos.

Normalmente, quando uma tentativa de intrusão é detectada, o sinal de alarme chega à central de monitoramento através de uma linha telefônica fixa convencional. No entanto, quando essa linha não funciona, seja por questões técnicas ou cortes intencionais, o sinal de alarme não é transmitido. Daí a importância do consumidor levantar se a empresa cogitada também possui serviços complementares, tais como uma segunda via de comunicação que assegure o funcionamento do sistema de segurança.

  1. Nenhum comentario ainda

  1. Nenhum trackback ainda.