Clientes Sekron
  Esqueci a Senha
Conheça nosso site Institucional ›

Posts Tagged ‘ Marginais

Roubos caem nas Marginais, mas ainda são 3 por dia

Três pessoas, em média, foram assaltadas por dia nas Marginais do Pinheiros e do Tietê entre janeiro e junho deste ano, em um total de 647 vítimas. O número de casos é 13,8% menor do que no mesmo período do ano passado, conforme dados da Polícia Militar.
Nos primeiros seis meses de 2012, 417 motoristas foram abordados nas Marginais. Em igual período do ano passado, foram 460. Os pedestres também são alvo de criminosos: no primeiro semestre do ano passado, foram 290 ataques; neste ano, 230. Quem caminha corre mais riscos em dois pontos: um deles fica na saída da Estação Cidade Jardim da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), na zona sul, e outro nos arredores da Ponte Cruzeiro do Sul, perto do Terminal do Tietê.

Para os motoristas, há problemas nas Pontes Engenheiro Ary Torres e Jaguaré. Nesses endereços, as viaturas, ao contrário de outros lugares das Marginais, ficam 24 horas e só saem para atender ocorrências de acidente de trânsito ou assalto em andamento.

O capitão Marcos Rogério da Cunha, da 3.ª Companhia do 2.º Batalhão, diz que desde julho de 2011, data do início da “Operação das Marginais”, os índices criminais caíram. “Tivemos redução de 21% nos roubos a transeunte e 9% nos ataques a motoristas. Nos estabelecimentos comerciais e nas casas, a diminuição foi de 46%”, observa.

Segundo o oficial, outro fator a ser comemorado foram as 143 detenções em flagrante. “Temos uma prisão a cada três dias. A nossa resposta é rápida.”

A operação ainda ganhou reforço no mês passado de homens da Tropa de Choque, que passaram a patrulhar as vias com cavalos, motos e viaturas. Um helicóptero também faz sobrevoos para evitar roubos nos horário de pico.

De acordo com o capitão, além de motos, viaturas e de policiais, duas bases móveis ficam ao lado da Favela Real Parque, na zona sul, e no Viaduto Imigrante Nordestino, zona leste. “A operação do Choque foi um reforço para nós. Além do efetivo da minha companhia, com 136 homens, agora ainda tem o Choque.”

Camilla Haddad, Jornal da Tarde – O Estado de S. Paulo

Segurança é estratégica para sucesso dos negócios

Num mundo que parece cada vez mais conflagrado, conforme se observa em numerosos eventos internacionais e na absurda criminalidade brasileira, é urgente a priorização de políticas publicas capazes de conter a violência social e a ação dos marginais. Por outro lado, é lícito, justo e necessário que as pessoas físicas e jurídicas também adotem medidas preventivas, visando à preservação de sua integridade física, seu patrimônio e seus negócios.

Nesse contexto, faz absoluto sentido o crescimento que tem sido observado no setor de segurança eletrônica no Brasil, que passou a conquistar clientes, em maior escala, também no universo das micro e pequenas empresas. Estas passaram a representar mais de 50% do faturamento do mercado, segundo demonstrou pesquisa da Abese (Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança).

A importância estratégica da segurança para o sucesso e viabilidade dos negócios é evidenciada em outro estudo, realizado pelo Provar/FIA (Programa de Administração de Varejo da Fundação Instituto de Administração) e pela Felisoni Consultores e Associados, em parceria com a Abras (Associação Brasileira de Supermercados). Este trabalho mostra que, dentre as principais causas de perdas no varejo, estão os furtos praticados por público externo (20,4% do total) e interno (20,1%).

Dentre os sistemas de segurança eletrônica que podem contribuir muito para reduzir furtos, arrastões em estabelecimentos comerciais e assaltos a lojas de departamentos, supermercados, empresas em geral e condomínios, temos os bloqueios físicos como as catracas, torniquetes, sistemas de controle de portas, cancelas para veículos leves e pesados, monitoramento por câmeras, alarmes. Muitas vezes, esses equipamentos são mais eficientes e muito menos onerosos do que a contratação de equipes de segurança. A prevenção é essencial, pois ajuda a reduzir a violência e dificulta a ação dos criminosos.

A boa notícia é que o Brasil tem tecnologia de ponta no segmento de equipamentos de segurança eletrônica, viabilizando investimentos com boa relação custo-benefício.

É importante buscar fornecedores confiáveis, com reconhecimento no mercado e qualidade comprovada. Afinal, quando estão em jogo a vida e os bens mais precisos de pessoas e empresas, não é prudente arriscar.

Dimas de Melo Pimenta – Jornal do Brasil

Como os marginais escolhem suas vítimas?

Por que algumas pessoas são assaltadas com frequência enquanto outras nunca sofrem abordagem de um marginal? Será que é pura sorte?

Pode ter certeza de que não há sorte nenhuma envolvida no fato de alguém jamais ter sido roubado. A verdade é que quem nunca foi vítima de assalto é mais prevenido que as outras pessoas, evitando, mesmo que inconscientemente, a aproximação de estranhos e, por isso, acaba sendo considerado sortudo quando o assunto é segurança.

O estilista anda pelas ruas observando as roupas que as pessoas estão usando. O arquiteto passeia pela cidade reparando na tendência das novas construções. A dona de casa sai às ruas em busca dos melhores frutos e alimentos para comprar. O policial trafega pelas avenidas atento a qualquer ato suspeito, que pode sinalizar uma tentativa de roubo ou outro crime. E o bandido anda por aí armado, em busca de vítimas fáceis, de pessoas ingênuas e distraídas, que facilitem seu trabalho criminoso.

Lembre-se de que o marginal, apesar de sua sensibilidade natural, não possui bola de cristal para saber quem é a vítima ideal. A vítima ideal, como se diz na gíria da malandragem, é qualquer pessoa que estiver dando mole, e porque age assim imprudentemente, será vítima duas vezes; dos marginais e da sua própria inexperiência e desatenção.

Portanto, manter-se focado nos riscos do cotidiano é um ato de esperteza e de sabedoria, que pode salvar sua vida e patrimônio.

Há mais de 18 anos venho estudando o fenômeno da violência no Brasil e no mundo. A primeira conclusão importante a que cheguei é que as pessoas se tornam muito mais vulneráveis quando negam a possibilidade de serem vítimas da violência urbana (negar essa possibilidade é negar o óbvio!). E a segunda, decorrente da primeira, é que, negando a possibilidade de serem vítimas, as pessoas relaxam e tornam-se distraídas, o que faz aumentar o risco a que naturalmente estariam expostas. E a síntese disso tudo é que pessoas desatentas e desinformadas a respeito dos métodos de proteção contra o crime estão mais sujeitas e vulneráveis ao risco de abordagem delituosa.

Ser vítima da criminalidade não é um fenômeno ligado a sorte ou azar, nem é mera fatalidade. Os riscos podem ser evitados; e o melhor caminho é a prevenção.

Dr. Jorge Lordello

Dicas de segurança

Preste atenção a estas dicas para evitar a ação de bandidos em algumas situações do seu dia-a-dia:

Assalto em veículo
* Estacionar em lugar movimentado e iluminado.
* Usar sistema de alarme, chave geral e correntes na direção.
* Evitar armas e documentos no porta luvas.
* Ao estacionar ou parar em cruzamentos, principalmente a noite, observe pessoas suspeitas nas proximidades.
* Som, rodas e certos acessórios despertam a atenção de marginais.
* Evite deixar objetos de valor no interior de seu carro.
* EM CASO DE ASSALTO, NÃO REAJA.

Na residência
* Sistema de alarme é sempre eficaz.
* Não deixar luz acessa durante o dia.
* Um bom cão de guarda.
* Atender à porta após identificação prévia.
* Manter a porta da garagem sempre fechada.
* Aguardar o fechamento de portões de comando eletrônico.
* Não aceitar a entrada de técnicos não solicitados.
* Ao sair ou retornar da residência, observe as proximidades e se constatar a presença de estranhos, não entre.
* À noite, deixe pelo menos uma lâmpada acessa na área de maior risco da residência (utilizar fotocélulas).
* Manter escadas e ferramentas em lugar seguro.
* Na perda das chaves, troque os segredos das fechaduras.
* Ao viajar, avise parentes ou vizinhos de confiança, para que esporadicamente verifiquem a residência e façam a coleta de correspondências.
* Oriente familiares e empregados para que não comentem com estranhos sobre os bens que a família possui tanto como seus hábitos.
* Não dê informações por telefone para pessoas desconhecidas.

No dia do pagamento
* Lembre-se: um alvo fácil é sempre mais procurado.
* Não comente sobre seu salário com pessoas de pouco convívio.
* Evite a conversa com pessoas estranhas dentro ou fora do banco.
* Nos dias de pagamento, adote medidas de segurança mais severas.
* Observe se alguém está seguindo-o.
* Se precisar transportar muito dinheiro, não ande sozinho, peça a companhia de parentes, amigos ou seguranças.

No ônibus
* Ao pagar, procure levar o dinheiro trocado ou utilizar o vale transporte.
* Cuidado com objetos alvo dos punguistas como bolsas, carteiras, correntes, pulseiras, entre outros.
* Evite ficar junto à porta de embarque e de desembarque, pois é o local propício para a prática de punguistas.
* Mantenha a bolsa ou mochila na frente do corpo.
* Não carregue muito dinheiro, nem deixe a carteira no bolso de trás.

Em deslocamentos
* Ao notar que está sendo seguido, procure mudar várias vezes o lado da calçada.
* Não carregue objetos de valor, grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito, se não houver necessidade.
* Evite lugares sem iluminação e com pouco movimento.

Em caixas eletrônicos
* Não revele sua senha para terceiros.
* Em caso de dificuldade, comunique-se com funcionários do banco.
* Observe atentamente as pessoas em atitudes suspeitas próximas ao local.
* Evite horários e locais de maior risco.
* Evite realizar saque de grandes quantias.

Seqüestro relâmpago
* Não reaja em nenhuma circunstância.
* Procure obedecer todas as exigências do bandido.
* Tente observar as características físicas, cicatrizes e marcas.
* Peça auxílio à Polícia assim que for libertado.

Nas escolas
* Trate o seu filho como amigo, demonstrando seu afeto e preocupação pelo seu desenvolvimento.
* Conheça os amigos de seu filho.
* Ensine as crianças a pedir auxilio à polícia (pessoalmente ou por telefone) ou às pessoas conhecidas, quando perceber estranhos em atitudes suspeitas ou que estejam molestando.
* Não aceitar balas, doces, presentes, ou brinquedos de pessoas desconhecidas.
* Oriente seus filhos para não desviarem do trajeto casa-escola-casa, sem prévio acordo.
* Evitar transitar utilizando jóias, tênis ou roupas caras.
* Oriente seus filhos para que se afastem de situações perigosas, tais como: armas, acidentes, aglomerações, discussões, etc.

Fonte: Polícia Militar

Pedestres e motoristas cobram mais policiamento no túnel da Vila Zilda

TV Tribuna

Nem mesmo com a retirada da lombada que havia na Avenida Lídio Martins Corrêa, próximo ao túnel da Vila Zilda, em Guarujá, a ação dos bandidos tem sido inibida. Os equipamentos foram removidos por facilitar a ação dos marginais, mas no local, radares de velocidade foram implantados e os casos de assalto no local continuam rotineiros.

Na última sexta-feira, um casal que vinha de São Paulo foi abordado por uma dupla na entrada do túnel. Os bandidos levaram celular e dinheiro das vítimas.

Quem costuma passar pelo local conhece alguém ou já viveu uma situação como essa. Mas agora a falta de segurança também tem se tornado um risco à vida dos pedestres, já que os motoristas criaram o costume de acelerar mesmo com o radar instalado pela Prefeitura. Muitos têm medo até de atravessar a rua.

“Aqui é assalto atrás de assalto. E eles têm que passar correndo porque ficam com medo. Mas isto está errado também porque tinha uma lombada ali e tiraram”, afirmou a dona de casa Maria do Socorro Silva.

”A gente não tem uma calçada para andar porque as calçadas estão lotadas de manequins, colocam bicicletas. A gente precisa andar pelo meio da rua. Os carros vem e não querem saber”, contou a dona de casa Juliana Santos Silva.

Segundo o autônomo Edgar dos Santos, à noite é mais perigoso trafegar pelo local. “Na parte do túnel então fica muita molecada próxima à saída e depois da entrada. É um lado perigoso. É preciso precaução”.

”A gente tem que se prevenir, independente da situação da rua, do local, a gente tem que usar deste artifício”, relatou Gabriel Elias, engenheiro agrônomo.

Em nota a PM informou que perto do túnel tem uma base comunitária que atua junto com a Rádio Patrulha e a Força Tática e que o policiamento é reforçado nos fins de semana e feriado.

De acordo com o secretário de governo Ricardo Joaquim Augusto de Oliveira, em virtude dessas ocorrências, a Polícia Militar solicitou à Prefeitura a retirada da lombada. Apesar dos riscos foi ponderado que era necessário um controle de velocidade para garantir a segurança dos pedestres.

“Foi oferecido um estudo de 50 km/h, que seria uma velocidade que garantiria um percurso tranquilo aos motoristas e também seguro aos pedestres. O túnel também foi totalmente reformado, com nova iluminação. Ou seja, todas as condições primárias de segurança, a Prefeitura fez a intervenção como prometido e entregou. Agora é uma questão pertinente ao planejamento da Polícia Militar do Governo do Estado. Não cabe mais a Prefeitura. Tudo aquilo que a Administração podia fazer, foi feito. Tudo foi entregue e está pronto para funcionar”.

Dicas de segurança: assaltos

Procure estar sempre atento especialmente ao comportamento de
pessoas que estejam próximas a você ou paradas perto dos lugares
que freqüenta.

Caso você seja vítima siga as orientações abaixo: Mantenha a calma Comunique-se e faça movimentos lentos. Responda com calma somente ao que lhe for perguntado ou para avisarsobre qualquer gesto ou movimento a ser realizado;

Não discuta. Entregue ao criminoso o que ele exigir. Assim, o tempo do roubo será menor, evite brincadeiras ou conversas, faça apenas o que o criminoso mandar, não olhe diretamente para os marginais – isso é visto como uma ameaça.

Procure memorizar todos os detalhes possíveis, fisionomia, modo e frases usadas, roupas, gírias, trajetos e locais visitados, veículos utilizados, etc  Não tente fugir ou reagir. É muito comum outras pessoas estarem efetuando cobertura.

Ligue para a polícia assim que possível transmitindo a descrição exata e o possível trajeto seguido com todos os detalhes, registre a ocorrência em uma Delegacia de Polícia. Se você presenciar um assalto, mantenha-se afastado do local e evite interferir diretamente. Ligue para a polícia e passe todas as informações possíveis. Após a saída do agressor, ajude a vítima.

Obs: Não ande armado nem tenha armas em casa. Mesmo que você saiba atirar e tenha porte, suas chances de reagir são muito pequenas, e o risco de que a arma seja usada contra você é muito grande.

Fonte: PMESP

Trânsito de SP terá 500 câmeras dedo-duro até 2012

A cidade de São Paulo terá até o fim do próximo ano 500 câmeras de alta resolução para monitorar veículos. O equipamento faz a leitura das placas e cruza as informações com um banco de dados. O objetivo é identificar carros roubados e com documentos irregulares. Veículos de outros Estados também serão fiscalizados pelas câmeras, que ainda flagram infrações de trânsito.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) já conta atualmente com 193 radares com Sistema de Leitura Automática de Placas (LAP), o chamado ‘dedo-duro’. Eles fazem flagrantes semelhantes aos das câmera.
Os novos equipamentos terão tecnologia de Reconhecimento Óptico de Caracteres (OCR, na sigla em inglês) e serão distribuídos em três grandes áreas: centro histórico, centro expandido e Marginais do Pinheiros e do Tietê. As câmeras serão instaladas em locais com altos índices de criminalidade, além de entradas e saídas da cidade, às margens das rodovias.

“Essa ferramenta vai permitir controle instantâneo da frota, inibir crimes, melhorar o ar emitido pelos automóveis, além de tirar de circulação carros devedores e ajudar a desafogar o trânsito”, diz o secretário municipal de Segurança Urbana, Edsom Ortega.

A ideia é que as imagens sejam compartilhadas por órgãos municipais, estaduais e federais, como Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), polícias, Detran e Guarda Civil Metropolitana. “Não é um sistema só da prefeitura. Há um comitê gestor, que é uma espécie de condomínio de usuários. Todos vão poder usar, mediante senhas especiais e protocolos de interesses. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Unidade da PM para vigiar marginais receberá denúncia pela internet

Companhia para as duas vias de SP iniciou patrulhamento nesta quinta.
Contas no Twitter e no Facebook foram criadas para o monitoramento.

Juliana Cardilli
Do G1 SP


A nova companhia da Polícia Militar criada para fazer o policiamento dos 43 km das marginais Tietê e Pinheiros, em São Paulo, começou seu trabalho na manhã desta quinta-feira (21) já contando com perfis no Facebook e no Twitter para informar a população e também receber denúncias. O comando da PM aposta nas redes sociais na internet para aprimorar o trabalho da recém-criada 3ª Companhia do 2º Batalhão de Policiamento de Trânsito.

“O mais importante é a participação do cidadão. É uma forma de polícia comunitária virtual aqui nas marginais. Vai estar no Twitter disponível para receber as informações dos usuários, vai ser da própria companhia, vamos colocar ali as informações da via, onde tem problemas, onde tem acidente, e ao mesmo tempo o cidadão vai comunicando”, explicou o coronel Álvaro Camilo, comandante geral da PM em São Paulo.

O deslocamento de policiais apenas para as marginais ocorreu após diversos casos de crimes nas vias – como arrastões em congestionamentos e motoristas que foram roubados após serem atingidos por pedras atiradas por criminosos. No total, serão utilizadas 48 motocicletas, dez carros e quatro guinchos no trabalho – além do apoio do helicóptero Águia nos horários de pico. A nova companhia tem 160 policiais, que já faziam policiamento de trânsito. Outros 120 PMs de outros batalhões que já faziam o policiamento nas vias e em seu entorno também serão mantidos no trabalho.

“A nova companhia vai trazer proteção e segurança das marginais e vai ajudar também na fluidez do tráfego. Essa é a via urbana mais movimentada do Brasil. O país passa por aqui, ou de passagem para outros estados, ou para o Porto de Santos ou para o aeroporto de Cumbica [em Guarulhos]”, explicou o governador Geraldo Alckmin. Além da segurança e da fluidez, os policiais também terão como responsabilidade a fiscalização eventual, quando necessária.
De acordo com o coronel Camilo, a Marginal Pinheiros tem sido alvo mais recente dos criminosos. Nas duas marginais, foram fixados 54 pontos de estacionamento para os policiais, onde serão também instaladas bases fixas. “Os críticos são os horários de rush, por isso o policiamento de moto, as motos conseguem circular entre os veículos. E à noite, será 24 horas, de madrugada, quando não há tanta necessidade das motos, vão ser as viaturas do batalhão de trânsito”, afirmou o coronel.

Para evitar que a criminalidade se transfira para outras vias expressas da cidade, como o Corredor Norte-Sul e a Radial Leste, o governo pretende reforçar o policiamento com motos nestes pontos. “Nós vamos fortalecer em toda a cidade de São Paulo a Rocam, o policiamento com motos, que exige os policiais mais preparados, e é extremamente eficiente. Os grandes corredores de São Paulo terão o policiamento reforçado e nós vamos aumentar a compra de motos”, afirmou o governador Alckmin.

Homens invadem centro de distribuição domiciliar dos Correios.

Os carteiros de Praia Grande estão apreensivos devido à onda de roubos que vêm sofrendo nos últimos dias. Nesta segunda-feira, mais dois entregadores foram assaltados e, no sábado, o Centro de Distribuição Domiciliar (CDD) da Vila Caiçara foi invadido para subtração de encomendas.

Por volta das 9h30 de sábado, três homens encapuzados e armados invadiram o CDD, renderam de 10 a 15 carteiros e funcionários e saquearam as encomendas que lhes interessavam.

Enquete: na sua opinião, o que deve ser feito neste caso?

Durante a investida, um assaltante chutou uma vítima para que ela não o visualizasse. Boa parte dos funcionários foi trancada em um banheiro. Os pacotes roubados foram colocados em um carro dos próprios marginais, cuja placa não foi anotada.

“Os ladrões foram direto para o objetivo deles”, disse Márcio Anselmo Farina, diretor de Relações Sindicais do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios da Baixada Santista e do Vale do Ribeira. Ainda conforme Farina, os marginais nem passaram por perto das correspondências sem valor.

Roubos frequentes
De julho do ano passado até agora já são aproximadamente 40 roubos contra carteiros em Praia Grande. Só na última sexta-feira houve três casos. A preocupação aumenta porque os ataques também ocorrem em bairros da orla, e não apenas na periferia.

Os ladrões têm interesse pelos talões de cheques e cartões de crédito e bancários transportados, porque eles podem ser usados em estelionatos. Além disso, nos malotes dos Correios são colocadas encomendas valiosas, como relógios, perfumes importados e aparelhos eletrônicos.

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios, Márcio Farina, anunciou nesta segunda-feira que a categoria poderá paralisar as suas atividades em Praia Grande por um dia, se providências não forem adotadas. “Será uma forma de protestar e exigir uma solução para o problema”, justificou.

Porém, a greve ainda não tem data definida e, se ocorrer, será antecedida de uma comunicação prévia aos Correios e à população. Na sexta-feira, conforme Farina, as diretorias do sindicado e dos Correios na região se reuniram para discutir a série de assaltos.

“Propusemos várias ações para inibir as ações dos assaltantes e garantir maior segurança aos carteiros”, declarou Farina. Uma das medidas sugeridas é a imediata suspensão de entregas de talões de cheques e cartões de crédito. Outra consiste em providenciar a escolta de empresas terceirizadas de segurança aos carteiros que trabalham em áreas mais críticas.

De acordo com o sindicalista, em locais da Capital considerados de risco, os carteiros contam com esse tipo de proteção. O delegado Luiz Evandro de Souza Medeiros, do 1º DP de Praia Grande, determinou aos seus policiais um minucioso mapeamento dos roubos para desencadear uma repressão mais eficaz contra os crimes.

Correios
Por intermédio de sua assessoria de imprensa, em São Paulo, os Correios informaram que estão adotando várias ações para minimizar a incidência de roubos, entre as quais reuniões com a Secretaria de Segurança Pública, com a Superintendência da Polícia Federal, com a Polícia Militar e com o Departamento de Investigações contra o Crime Organizado (Deic).

Outras medidas adotadas, conforme a estatal, são operações conjuntas com os órgãos de Segurança Pública e ações junto ao Procarga (Programa de Combate ao Roubo de Carga do Estado de São Paulo).

Eduardo Velozo Fuccia – A Tribuna

PM inicia policiamento em 54 pontos das marginais nesta segunda

Reforço acontece após onda de assaltos a motoristas.
Segurança será feita em pontos fixos e rotativos.

A Polícia Militar começa nesta segunda-feira (18) uma operação para reforçar o policiamento nas marginais Pinheiros e Tietê após a onda de assaltos a motoristas nestas vias. Os policiais ficarão posicionados em 54 pontos, alguns fixos e outros rotativos, escolhidos após uma análise da corporação.

“Nós temos o policiamento em toda a extensão da Marginal Tietê e da Marginal Pinheiros, onde os policiais estarão em pontos fixos e em pontos rotativos, com permanência de 24 horas e outros com permanência de 12 horas, circulando mais as viaturas e dando mais segurança e presença policial nesta região”, explicou o capitão Cleodato Moisés, do comando de policiamento da capital.

Segundo a PM, os motoristas também podem ajudar na fiscalização, acionando a polícia pelo telefone 190 caso vejam alguém em atitude suspeita nas pistas.

Crimes

Nas últimas semanas, diversos motoristas foram atacados nas duas marginais. Na sexta-feira (15), uma motorista escapou de um assalto após dirigir por 300 metros com o carro quebrado – o veículo foi atingido por uma pedra jogada por criminosos.

No mês passado, houve uma onda de arrastões na Marginal Pinheiros. No dia 13 de junho, pelo menos sete motoristas que estavam parados no trânsito foram atacados. Depois disso, o policiamento foi aumentado.

G1 – 18/07/2011